Leituras

Livros lidos em 2014

1. Bartleby, o Escrivão – Uma história de Wall Street, de Herman Melville

2. Nocilla Experience, de Agustín Fernández Mallo

3. E se vivêssemos em um lugar normal, de Juan Pablo Villalobos

4. Tipos de Perturbação, de Lydia Davis

5. O Pintinho (1), de Alexandra Moraes

6. The Book of Longing, de Leonard Cohen

7. Manual de sobrevivência dos tímidos, de Bruno Maron

8. O Pintinho (2) – classe média para sempre, de Alexandra Moraes

9. É assim que você a perde, de Junot Díaz

10. Paisagem com dromedário, de Carola Saavedra

11. Levels of life, de Julian Barnes

12. Formas de voltar para casa, de Alejandro Zambra

13. Histórias para lembrar dormindo, de Bráulio Tavares

14. O fundo do céu, de Rodrigo Fresán

15. Asterios Polyp, de David Mazzucchelli

16. Fim, de Fernanda Torres

17. Coração tão branco, de Javier Marías

18. Magra de ruim, de Sirlanney

19. Vida e obra de Terêncio Horto, de André Dahmer

20. Garota exemplar, de Gillian Flynn

21. Rua da padaria, de Bruna Beber

22. “Art”, de Yasmina Reza

 

Livros lidos em 2013

1. Por Isso a Gente Acabou, de Daniel Handler

2. Barba Ensopada de Sangue, de Daniel Galera

3. Toda Poesia, de Paulo Leminski

4. Já Matei por Menos, de Juliana Cunha

5. Milagrário Pessoal, de José Eduardo Agualusa

6. Breves Entrevistas com Homens Hediondos, de David Foster Wallace

7. O Escolhido Foi Você, de Miranda July

8. The Bell Jar, de Sylvia Plath

9. Era uma Vez o Amor Mas Tive que Matá-lo, de Efraim Medina Reyes

10. Bonsai, de Alejandro Zambra (releitura)

11. A Vida Privada das Árvores, de Alejandro Zambra

12. Poemas, de Wisława Szymborska (Edição da Companhia das Letras)

13. Tudo se Ilumina, de Jonathan Safran Foer

14. Le Gone du Chaâba, de Azouz Begag

15. Nocilla Dream, de Agustín Fernández Mallo

16. La petite fille de monsieur Linh, de Philippe Claudel

17. A Obscena Senhora D., de Hilda Hist

18. Do que eu falo quando falo sobre corrida, de Haruki Murakami

19. Os detetives selvagens, de Roberto Bolaño

20. O amor de uma boa mulher, de Alice Munro

21. As virgens suicidas, de Jeffrey Eugenides

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s