O que preciso para escrever

Uma iluminação legal. Um caderno com pautas. Uma lapiseira com grafite 0.7. Um pacote de canetas coloridas. Alguma frustração. Quiçá um acontecimento marcante (há tempos não cruzam meu caminho). Celular no modo avião, de preferência desligado. Um adeus ao roteador e aquele F5 irritante do teclado que me persegue em cada página do navegador. Uma playlist legal, de preferência pré-definida (para não atrapalhar a dinâmica do processo). Uma mente livre de preocupações. Câmeras digitais (ou analógicas) fora de alcance. Isolamento contra barulhos exteriores. Paciência em doses cavalares. Foco. Concentração. Criatividade? Inspiração? Força interna. A lembrança daquele livro impecável em cada detalhe. Aquela citação que chega a dar arrepios de tão bem escrita. Um impulso. Vinho. Ou cerveja, se estiver quente. Um bocado de loucura.

Ou talvez um pouco de bom senso para ver se paro de arranjar tantas desculpas.

Quadrinhos do genial Grant Snider.

Anúncios

10 comentários sobre “O que preciso para escrever

    • Incrível isso. Às vezes estamos com uma ideia muito boa, tentamos com todo empenho do mundo escrever um texto legal. E fica um lixo. Um belo dia você resolve escrever algo despretensioso só para passar o tempo e termina com um texto apreciado. Dessas ironias boas da vida.

  1. Preciso de tudo isso aí quando tenho que escrever algum trabalho ou coisa pra faculdade. Se é besteira pro blog o mundo cai na minha cabeça mas o texto sei, hahaha. Não consegui decidir ainda se isso é bom ou ruim.

    Beijos!

    • Era meu dilema eterno em tempos de faculdade, Anna. Sentava para fazer um trabalho, passava horas e horas com uma única linha escrita. E terminava tudo em 15 minutos (depois de muito tempo perdido), com um resultado meia boca. Agora quando é para escrever sobre qualquer assunto do meu interesse, o negócio flui. Por mais que prejudicasse o rendimento acadêmico, ainda acho uma coisa boa :P

  2. As vezes, preciso apenas observar a vida alheia para escrever e acho isso super legal. Um dia desses vou detalhar seus dias nublados em sp e a saudade das capivaras, num poeminha! :PP

    Beijos, piradinha.

    ps1: frustrações rendem muito.
    ps2: faz tanto tempo que não comento em um blog .

    • Tão bonito isso de ver inspiração nas coisas mais simples! Queria ser assim. Mas sempre arranjo desculpas esfarrapadas para isso, é meu jeitinho (!). Quero ler esse poeminha aí! E pode comentar mais vezes, vou adorar :)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s