sometimes everything seems so oh I don’t know

Nunca achei que minha vida fosse um eterno scrolling da home do tumblr. Há muito tempo desisti de entender as intenções dessa rede social, até descobrir que, voilà, nunca houve propósito algum. Algumas pessoas acham que a vida uma reprodução das imagens bonitas encontradas por lá, que as fotos de meninas magras e bem vestidas são referências essenciais ou que a conexão entre imagens do universo (?) com frases profundas são uma das melhores coisas do mundo.

Para mim, sempre serviu como refúgio. Meu depósito de porcarias propriamente dito. Embora deteste essas imagens que não casam de forma alguma com o texto, confesso que já me rendi a alguns. Rebloguei mesmo. Adquiri uma afeição curiosa pelo limite branco tomado por frases típicas de tumblr – até descobrir que aquilo era, de fato, parte de uma exposição no Kiasma, um Museu de Arte Contemporânea na Finlândia.

Wall Pieces with 200 Letters, de Mikko Kuorinki reaproveitava as letras para jogar frases de autores como Joe Brainard e Mitch Hedberg na parede. Selecionei alguns para postar aqui. O restante, assim como outros trabalhos de Kuorinki, podem ser conferidos na página oficial (ou em uma rápida busca no tumblr).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s