Mindfuck em forma de cartazes cinematográficos

Existe uma história originada em uma visita de Julio Cortázar ao Brasil. Durante um diálogo, Cortázar pergunta para um conhecido(a) se ele já havia presenciado Maria Bethânia e Caetano Veloso dividindo o mesmo palco. Perante a resposta negativa, ele explica: “É mesmo impossível, pois se trata de uma mesma pessoa”. Conversando com amigos, chegamos à conclusão de que, caso Cortázar os visse no mesmo palco, teria um mindfuck.

“Mindfuck” não é algo facilmente explicável, mas bem, depois desse episódio, soube descrever a sensação com perfeição. Entrou no meu repertório monotemático, como não poderia deixar de ser. Sempre tento encontrar alguma definição secundária, sem muito sucesso. Até porque a expressão aparece de forma espontânea. Não estamos preparados e, de repente, presenciamos algo e a palavra mindfuck parece explodir boca afora.

Para não me limitar a exemplos que remetem a escritores, músicos e cineastas, encontrei uma explicação ilustrada. Genial. Não preciso abrir a boca, basta jogar algumas fotos e tudo estará dito. Parece óbvio, mas o inconsciente nos faz perder alguns minutos tentando ententer o que acontece.

A primeira impressão, ao olhar para os cartazes abaixo, é de que há algo errado. Não adianta negar. Você vê “Drive”, em uma fonte clássica, típica de filmes antigos. Os olhos correm para a direita e lá está James Dean, com a mesmíssima expressão de Ryan Gosling no pôster de Drive. Pode não ser intencional, mas é bem semelhante.

A série, intitulada “Movies from an alternate universe” tem essa ideia – jogar títulos antigos em uma máquina do tempo e transformá-los em longas de décadas anteriores. As criações são de Sean Hartter, e podem ser conferidas aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s