Let’s give it a try?

Eu não sentia nada. Só uma transformação pesável.
Muita coisa importante falta nome. – Guimarães Rosa

Não perderei tempo atribuindo mil motivos para provar que 2011 foi um ano terrível. Guardarei apenas a experiência – o amadurecimento e as pequenas conquistas. Talvez as coisas ruins sirvam justamente para isso. Obstáculos impostos para testar nossa resistência.

Para 2012, tudo isso pode se repetir. Espero, ao menos, que seja ameno. Se não fosse pedir muito, faria votos por compreensão e paz. Mas seria pretenso e um tanto ambicioso da minha parte. Os planos com relação aos anos anteriores mudaram – não planejei nada. Estipular metas para um ano inteiro é apavorante. Tentar se adequar aos poucos, sim, me parece plausível.

É o que desejo para todos. A virada do ano deve fornecer um pouco de esperança por mudanças positivas. E que haja muita calma para lidar com todas as variações decorrentes das alterações (inevitáveis) que encaramos ao longo da vida.

Assim como me autorizei a errar sem medo em 2011, assino uma autorização para ter esperanças também. Um pouco de ousadia para começar 2012, por quê não?

Feliz ano novo.

I’ll do anything to be happy

oh, ‘cause blue skies are coming

but I know that it’s hard

Anúncios

Um comentário sobre “Let’s give it a try?

  1. Como as suas palavras soam bem. Elas, de forma simples, mostra a nossa realidade, as nossas preocupações, mas sem muito compromisso. O que tem que acontecer, aconteserá. E assim segue a vida. Se melhorar, ótimo. Mas se continuar na mesmice, paciencia. É a vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s