Retratos de uma realidade inquietante

O ditador Muammar Kadhafi, que assume o poder na Líbia há 41 anos, disse em pronunciamentos que só deixará o país morto, “como um mártir”. A população, mobilizada e irredutível, não tomou o discurso como uma ameaça. Em um momento conturbado da história da Líbia, os protestos contra o regime prosseguem.

O resultado da pesada repressão às manifestações foi o registro de milhares de mortes. A situação se agravou a tal ponto que passou a ser retratada como uma guerra civil.

As ocorrências, de tamanha importância ao país, proporcionaram diferentes registros em imagens e textos – todos cada vez mais desoladores. Benjamin Lowy, fotojornalista – com um extenso e belo trabalho, diga-se de passagem -, esteve na Líbia em março. Em meio ao trabalho de reportagem, Lowy aproveitou para capturar algumas imagens com o iPhone.

O resultado foi o projeto iLibya: Upsrising by iPhone. Um registro histórico- fotográfico com um ar despretensioso. São apenas imagens feitas com celular, sem muita elaboração. Ainda assim, o fotojornalista realiza um trabalho interessante – de forma singela, ele guardou um fato histórico por intermédio de um celular com câmera.

Algumas fotos são um tanto pesadas – talvez pela carga psicológica que carregam – mas seria um erro não conferir a série completa. Lowy já havia realizado um projeto semelhante no Afeganistão. Vocês podem conferi-lo aqui. As fotos abaixo integram o iLibya.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s