Aos 19…

Eis que, em seu curto tempo de vida, este blog foi indicado para seu primeiro meme! Antes de qualquer coisa, agradeço à Fer Lopes pela indicação. Você sabe, é uma honra. E uma oportunidade para que possíveis leitores conheçam um pouco mais sobre mim.

As perguntas foram feitas no período das eleições às candidatas à presidência Dilma Roussef e Marina Silva. A matéria foi publicada na revista Gloss. Sou uma leitora de blogs um tanto tímida, prefiro não indicar o meme. Mas quem quiser responder, fique à vontade. E deixe o link nos comentários :)

Aos 19…


Eu sou… estranha e confusa (sinceridade é uma coisa linda, nem tenho vergonha de admitir que sou assim). Para toda decisão, tenho aqueles momentos de should I stay or should I go?. Estranha porque estou longe de ser a cara da simpatia. Sou educada, trato todo mundo bem. Mas estou longe de ser “embonecada” e perfeita. Gosto de ser assim. E tem quem aguente.
Eu quero ser… independente. Tenho noção de que preciso batalhar muito para isso, mas me recuso a desistir.
Na minha casa… encontro alento. Juro.
Eu encano com… praticamente tudo. Sou a cara da paranoia.
E acredito no… semáforo. Mentira, nem nele tenho acreditado mais.
Tenho medo de…
perder pessoas queridas (poisé, Fer. Me identifico.)
Acho graça em… nos relatos cotidianos das minhas amigas. E quando uma sequência de desastres me acompanha. Poisé, gosto de rir da minha desgraça.
Choro com… quando estou na TPM, até comercial de casa de ferragens me tira lágrimas dos olhos. Passagens de livros e filmes costumam me emocionar também.
Não vivo sem… família, cadernos, lapiseira, computador, livros e fones de ouvido.
Tenho mania de… achar que estou fazendo tudo errado o tempo todo. A culpa é sempre minha.
Meus três melhores amigos são… sinceros, divertidos e pacientes.
Eu tenho como heróis… meus pais, sempre. Esses lindos.
Meu sex symbol… um homem coerente, paciente, divertido e que, claro, goste muito de mim (com sentimentos reais, vale reforçar). Eu não sei se ele existe. Prefiro acreditar que só não o conheci ainda.
O amor é… reticências…
Meu livro de cabeceira é… não tenho nem cabeceira (leia-se: desculpa sem graça para não ter que escolher um único livro)
Meu vinil preferido é… do Balão Mágico. Ganhei quando tinha três anos, achava a coisa mais linda deste mundo. Nunca mais ganhei/comprei vinis desde então.
Meu sapato favorito é… minha sapatilha preta, bonita e confortável (mas no momento dei férias a ela, porque encontrei um “Oxford” lindo).
No meu armário não falta… camisetas fresquinhas de bandas, festivais, filmes. Itens essenciais para ficar à vontade em casa.
Minha balada preferida… prefiro sentar em um bar e passar horas conversando com amigos e tomando uma cerveja. Se tiver música de qualidade para acompanhar, melhor ainda.
Minha luta é… comigo. Para ver se deixo de ser tão paranóica e impulsiva. E para ser mais forte.
Meu maior fora foi… ter voltado atrás com relação a algumas pessoas.
Minha bola dentro… ainda não foi.
As pessoas acham que… sou estranha, mal humorada e sem noção.
Mas eu juro… que apesar de tudo isso, no fundo sou até bacaninha e tenho um bom coração (:
O que eu mais ouço… “não precisa se desesperar tanto, tenha calma!” – 99% das vezes dito pela minha mãe.
Eu me sinto livre… quando ando pelas ruas ouvindo música e observando a movimentação – algo que acontece sempre no caminho de volta para casa ou para o francês. E, claro, quando não há ninguém em casa e posso aumentar o som e desafinar junto :)
Rezo por/para… para agradecer. E pedir um estágio…
Meu ponto fraco… é surtar com antecedência. Afinal, pra quê adiar o sofrimento?
Meu grande charme… o que é isso? Hehe quem sabe seja o meu jeito desastrado de ser. Se não for charmoso, pelo menos diverte e tal.
No chuveiro, eu canto… qualquer coisa. Incorporo a participante do American Idol.
De madrugada, eu… durmo. E às vezes, normalmente nos fins de semana, vejo seriados e filmes. Durante as semanas de provas da faculdade, termino trabalhos e estudo.
Meu meio de tranporte é… (no balanço do) busão. Carro com minhas músicas estranhas é um luxo que só posso me permitir quando vou visitar meus pais.
Eu tenho ilusão de… que as pessoas sempre podem mudar para melhor. Na verdade, poderia fazer uma dissertação sobre isso. Nunca vi alguém se iludir tanto quanto eu.
Se alguém disser que eu serei presidente… terei uma sequência exagerada de ataques de riso.

Anúncios

4 comentários sobre “Aos 19…

  1. Acho que você deu uma grande mascarada nesse meme. Porque tá querendo enganar quem, todo mundo sabe que o que você mais ouve é FRIDAY FRIDAY FRIDAY FUN FUN FUN, protofalei, hahahahah
    Mas adorei, achei super poético. E super me identifiquei, haha ;P

    • Poxa, Fer! Era segredo! Hehe deveria ter dado os devidos créditos á Carol por ter cantado Frideey a manhã inteira… há um pouco de prolixidade nas respostas, porque né, esse é o meu jeitinho :P mas adorei responder o meme, mesmo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s