Música de Terça – Camera Obscura

Camera Obscura

[Sim, o post está atrasado. O quadro deve ser publicado toda terça, mas o wordpress passou o dia todo fora do ar por aqui…]

Ao escuta-los pela primeira vez, a melancolia pode passar despercebida – devido ao ritmo agradável das canções. Mas ela está ali, disfarçada mesmo nas letras mais otimistas. Tracyanne Campbell, Carey Lander, Gavin Dunbar, Kenny McKeeve e Lee Thomson integram a formação atual do Camera Obscura. A banda foi formada em 1996, na Escócia.

Antes do lançamento de My Maudlin Career, em 2009, eram conhecidos em especial pela produção do primeiro cd, feita por Stuart Murdoch (do Belle & Sebastian). Antes do disco Biggest Bluest Hi Fi, porém, a banda havia lançado as músicas Park and Ride e Your Sound. De 2009 aos dias atuais, ganharam maior destaque pelo hit French Navy, primeira música de divulgação do último cd.

O público “imediato” é formado pelos fãs de vocais femininos. Mas os créditos não devem ser dados somente à Tracyanne Campbell. Kenny McKeeve assume a guitarra, bandolim, harmônica e voz em algumas canções. Junto com Nigel Baillie, responsável pelo trompete e percussão, acrescentam um toque especial às canções – um dos principais responsáveis pelo diferencial da banda. Nigel parou de se apresentar com a banda após o nascimento do filho.

Com tantos anos de carreira, o Camera Obscura cresceu aos poucos. Os próprios integrantes falam em entrevistas sobre a segurança adquirida nas apresentações com o passar do tempo. Reforçam também o fato de poderem, enfim, se sustentar trabalhando somente com a música. Com isso, expandiram o território e já fizeram shows em diversos locais distantes da terra natal. A primeira apresentação no Brasil aconteceu esse ano, em São Paulo-SP.

Diferente da dica da semana passada, começarei pelo trabalho mais atual. As indicações:

Honey in the sun, entre os singles de My Maudlin Career – lançamento mais recente do grupo – é uma das mais animadas:

Let’s get out of this country está no disco homônimo, lançado em 2006 – o terceiro da banda. Expressa bem a vontade de se desligar do cotidiano e embarcar para qualquer lugar distante:

Pen and Notebook foi lançada no primeiro cd, Biggest Bluest Hi Fi, de 2001:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s